Envie uma mensagem e esclareça suas dúvidas com o Dr. Alexandre

Título Ginecomastia

Foto ginecomastia A ginecomastia é o desenvolvimento de glândulas mamárias excessivamente grandes em homens, resultando no aumento do peito e é geralmente atribuída ao desequilíbrio de hormônios sexuais.

É uma síndrome relativamente frequente que pode aparecer espontaneamente na puberdade, ou ser provocada pela ingestão de alguns medicamentos, tais como: estrógenos, corticóides, espirinolactona, sulpiride, digoxina, cimetidina, neurolépticos, anfetaminas, certas substancias como cannabis, etc.

A cirurgia de ginecomastia pode ser realizada em pacientes de qualquer idade. De acordo com o tipo de ginecomastia apresentada pelo paciente, o tratamento cirúrgico pode ser através de uma lipoaspiração, da remoção da glândula ou de uma mamoplastia redutora.

SBCP

Perguntas Frequentes

- Como é a cicatrização?

Esta cirurgia permite colocar a cicatriz bastante disfarçada (em “U”, abaixo da aréola) na maioria das vezes. A maturação da cicatriz obedece ao critério geral de 12 a 18 meses de pós-operatório.

- Qual a anestesia utilizada?

Na maior parte dos casos, a cirurgia de ginecomastia é realizada sob anestesia local associada a sedação venosa.

- Que cuidados preciso tomar?

Deve-se trocar de curativos, usar medicamentos como antibióticos e analgésicos, uso de malhas compressivas, fazer acompanhamento e retornos periódicos.

- Como é o pós-operatório?

É necessário que o paciente utilize uma malha compressiva no tórax pelo período de quatro semanas. O retorno às atividades normais é liberado após uma semana. Atividades físicas somente depois de três meses.